3.png

ESTRUTURA ORGANIZACIONAL

 

Função Social da Escola:

Promover ao aluno, acesso ao conhecimento sistematizado e, a partir deste, a produção de novos conhecimentos. Preocupar-se com a formação de um homem consciente e participativo na sociedade em que está inserido.

 

Eixos Norteadores:    

         

  • Aprender a aprender.
  • Valores: respeito, solidariedade, disciplina, coletividade.
  • Trabalho unificado – coletivo.
  • Criar para humanizar.
  • Compromisso
  • O Trabalho Pedagógico

 

O objetivo geral: organizado como instituição apolítica e de proporcionar ao educando a formação necessária ao desenvolvimento de suas potencialidades para seu auto realização, preparação para o exercício consciente da cidadania e prosseguimento de estudos, observando as determinações da Lei nº 9.394/96, de 23/12/1996 e demais disposições legais concernentes a BNCC.

 

Finalidades: ministrar a educação básica, em suas etapas de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio, obedecendo ao processo de autorização e à legislação de ensino.  O processo de avaliação no C.J.B. procura ser formativo e com diagnóstico coerente com os princípios da Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Avaliamos o aluno nesse processo dual, onde os requisitos de seu crescimento, seus tropeços e avanços, suas aptidões, sua capacidade e atitude e, no contexto geral, seu comportamento, somado ao resultado da avaliação através de nota bimestral e média final. A promoção do aluno para o ano escolar seguinte será confirmada se aprovado, uma vez atingido o rendimento estabelecido no início do período letivo e cumpridas todas as exigências curriculares. 

“... a escola, por si só não forma cidadãos, mas pode preparar instrumentalizar e proporcionar condições para que seus alunos possam se firmar e construir a sua cidadania”.

 

Para que a escola cumpra a sua função social será necessário:

 

  • Integração e participação da comunidade escolar;
  • Os segmentos da escola devem estar plenamente voltados a completar a valorização do educando;
  • Qualificação dos profissionais da educação;
  • Criação e reorganização do espaço físico;
  • Material didático e outros que facilitem o trabalho do professor;
  • Número de alunos em sala de aula condizente com a metragem do ambiente;
  • Recursos humanos, pedagógicos e financeiros;
  • Cobrança de regras de convivência em grupo;
  • Restabelecimento da motivação e credibilidade dos professores.

 

3.png